Brasil Destaque Mundo Política

Base venezuela é atacada na fronteira com o Brasil; atos, discursos e mortes marcam o Dia D de ajuda humanitária

A matéria do G1 mostra como estão os conflitos em Pacaraima (RR)

Acompanhe…

Oposição a Maduro conseguiu reunir caminhões carregados de alimentos e medicamentos. Acesso foi bloqueado em dois pontos da fronteira; venezuelanos que exigiam abertura entraram em confronto com guardas.

Manifestantes lançaram coquetéis molotov contra base do Exército da Venezuela na fronteira com o Brasil, em Pacaraima (RR), por volta das 18h20 deste sábado (23). Os militares venezuelanos reagiram com bombas de gás lacrimogêneo cerca de dez minutos depois.

Conflitos também foram registrados na fronteira da Colômbia com a Venezuela. Eles foram o desfecho de um dia no qual os caminhões com ajuda humanitária foram impedidos de levar alimentos e medicamentos para cidades venezuelanas. O chamado “Dia D”, convocado pela oposição para recebimento de doações de outros países, foi marcado ainda pelo discurso do presidente Nicolás Maduro e pela morte de três pessoas.

https://g1.globo.com/rr/roraima/noticia/2019/02/23/manifestantes-lancam-coquetel-molotov-contra-base-do-exercito-da-venezuela-na-fronteira.ghtml

Opinião

O clima está muito tenso, talvez não haja mais lugar para diplomacia e os conflitos parece que devem aumentar nas próximas horas.

Com essa situação as redes sociais estão inchadas de cometários maldosos e provocativas sobre  posicionamentos de esquerda ou direita, o que só aumenta o ódio das pessoas e se na Venezuela os conflitos estão a todo vapor por aqui as pessoas insistem em se agredirem nas redes sociais. Que pena!

Redação Final/Opinião: Francisco Miranda

Foto: Marco Bello/Reuters/Internet/G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *