Destaque Educação Notícias Política

SERVIDORES DA EDUCAÇÃO DE GOIÁS CONTINUAM EM GREVE

PROPOSTA DO GOVERNADOR CAIADO NÃO ATENDE OS SERVIDORES DA EDUCAÇÃO, QUE MANTÉM A GREVE

 

Nesta segunda feira (8/04) Servidores da Educação de Goiás realizaram assembléia e decidiram manter a greve que teve inicio no dia 03.

“A presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás (Sintego), Bia de Lima, disse que a categoria não aceitou a proposta de parcelamento feita pelo governador Ronaldo Caiado (DEM) e manterá a greve.”

“Além do pagamento dos salários atrasados, a categoria pede que o governo pague em ordem igual tanto os servidores da ativa quanto os aposentados. O teto para pagamento do primeiro grupo foi de R$ 4,5 mil. Já para os inativos, o pagamento foi feito para os que recebiam até R$ 2,6 mil.”

O SINTEGO noticiou que são 800 servidores paralisados, dos quais 400 são do entorno, isso compromete não somente o ano letivo, mas o desenvolvimento de alunos que ficam sem aulas e sem o conteúdo de ensino indispensável para o seu desenvolvimento.

O governado continua firme na sua decisão de oferecer uma proposta que não ajuda a classe, escalonar o pagamento é uma falta de respeito com o servidor, é que aponta os servidores que manterão a greve.

 

Redação: Francisco Miranda

Foto/Imagem: Rodrigo Gonçalves/G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *