Brasil Destaque

DESEMPREGO PARA UNS E FÉRIAS PARA MINISTROS DE BOLSONARO ANTES DE COMPLETAREM SETE MESES NO CARGO

O GOVERNO DO CONTRADITÓRIO DESAFIA A INTELIGÊNCIA DO POVO BRASILEIRO

 

Parece que o governo do presidente Jair Bolsonoro decidiu dizer em bom e alto tom que a democracia já era mesmo, não pelas falhas dos últimos governos, mas por sua incoerência e contrariedade de suas ações.

Cinco ministros de Bolsonaro tiram férias antes de completarem sete meses de governo, um deles é o ministro da educação, Sr. Weintraub , que segundo matéria da CBN estaria de férias no Pará. A matéria ainda diz que o ministro em restaurante daquele estado bateu boca com alguns índios.

As atitudes nada diplomáticas ou presidenciáveis do chefe do Estado brasileiro tem dado bastante ibope negativo ao presidente em meio as criticas que o presidente vem recebendo diariamente pelas atitudes perdidas e desastrosas de Jair Bolsonaro, presidente da república.

Antes do ministro da Educação, o ministro da Justiça Sergio Moro havia passado uma semana no exterior, mas já está de volta ao Brasil. Desse modo, analisar a situação dos ministros sem pensar no trabalhador brasileiro é quase impossível.

A situação do país sem ministério do trabalho, opção do atual governo, deixa o trabalhador ainda mais sujeito ao escravismo branco,enquanto os ministros de Jair Bolsonaro ganham o direito de ferias antes mesmo de fechar o ano legislativo, que segundo informação encerra no dia 22 de dezembro.

O ponto a analisar é sobre o ponto de vista dos discursos do governo, que iria acabar com a mamata, o desfruto da esquerda e a corrupção, mas o que parece, irão continuar chamando o povo brasileiro de analfabetos políticos empurrando discursos contraditórios ao uso do poder.

Por: Francisco Miranda

Imagem: Google

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *