Notícias

A TRADICIONAL FEIRA DO CÉU AZUL E SUA VARIEDADE DE PRODUTOS E HISTÓRIAS DE GRANDES EMPREENDEDORES.

 

A década funcionado no bairro Céu Azul, a feira do maior bairro de Valparaíso de Goiás guarda grandes histórias de empreendedores e a tradição de  um povo que na maioria vem da região nordeste, sua cultura e costumes.

Quem mora em Valparaíso conhece muito bem a feira do bairro Céu Azul e até quem não mora, quando vem visitar parente na cidade terminam por dá uma passadinha lá. Funcionando todo domingo, a feira oferece uma variedades de produtos e especiarias da região Centro e principalmente da região nordeste.

Segundo informações de dados, a feira é frequentado por uma grande maioria de nordestinos, que moram nessa região, o que favorece aos feirantes que vendem produtos típicos da região nordeste, mas também é possível perceber a presença de outros brasileiros demais diversas região do país.

A variedade de especiarias e produtos a venda na feira encantam os olhos e enche as sacolas dos visitantes. São verduras frescas, folhagens,frutas, peixes,carnes, gêneros alimentícios, frutos da época como piqui,morango e melancia, além de brinquedos, roupas, ferramentas e é claro o tradicional pastel com caldo de cana de feira.

A feira também é o ponto de encontro de amigos que se aglomeram nas barraquinhas de comidas tipicas para saborear um delicioso caldo do mocotó, sarapatel e outras comidas regados a uma gelada cerveja ou aquela pinga de alambique.

A feira do Céu Azul além de ser esse centro de encontro de pessoas e venda de produtos e especiaria é também um local apreciado pelos candidatos em época de eleição. Nessa época centena de candidatos invadem a feira a procura de votos, mas além disso a feira é um local de muitas histórias de superação e empreendedorismo.

A equipe do ECO DO CERRADO conversando com os feirantes nesta manha de domingo 20/10/2019, encontrou um feirante que bateu um papo rápido conosco sobre sua história na feira e como era e como está hoje em estrutura e vendas.

Conversamos com Ivanaldo que é feirante há uns 8 anos, um empreendedor de raça. Com 41 anos de idade Ivanaldo vive apenas da venda dos seus produtos na feira, ele tem uma organizada barraca de temperos naturais,  vende desde de acafrão, pimentas, colorau, outros temperos e alho usados na culinária brasileira. Segundo o feirante Ivanaldo, a venda já foi melhor que  hoje e a estrutura ainda não é a que muitos já prometeram para melhorar a vida dos feirantes, mesmo diante de tudo isso a feira é um bom lugar para vender seus produtos, relata o feirante, que reforça o prazer que ele tem em ser feirante.

Nossa equipe presenciou a garra e a determinação dos feirantes da feira o Céu Azul em oferecer bons produtos e agradar os consumidores  que vão comprar seus produtos,mas não escondem a insatisfação com a péssima estrutura que se encontra a feira.

A cidade nos últimos anos  recebeu novos moradores, mas segundo alguns feirantes tem diminuído o número de pessoas frequentando o local e fazem um apelo as autoridades para melhorar a estrutura e principalmente melhorar a logística do transporte público para ajudar que mais pessoas venham a feira no domingo.

Por: Francisco Miranda

Foto: Equipe Eco do Cerrado

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *